terça-feira, 3 de maio de 2011

COLESTEROL x LIPÍDEOS

OS PRINCIPAIS LIPÍDEOS DO PLASMA HUMANO    

Os principais lipídeos do plasma humano são colesterol, ésteres do colesteril, triglicerídeos, fosfolipídios e ácidos graxos não-esterificados.

COLESTEROL
O colesterol é uma substância gordurosa encontrada em todas as células no nosso corpo. Ele é essencial para a formação das membranas celulares, para a síntese dos hormônios esteroidais como a testosterona, estrogênio, cortisol e outros, para a produção da bile, para digestão de alimentos gordurosos, para formação da mielina (uma bainha que cobre os nervos), para metabolização de algumas vitaminas (A, D, E e K) etc...(20)

CLASSES DE LIPIDEOS
Os lipídeos são substâncias insolúveis em água. São transportados na forma de lipoproteínas, que podem ser divididas, de acordo com a sua densidade, em cinco classes: quilomícrons, lipoproteínas de densidade muito baixa (VLDL), lipoproteínas de baixa densidade (LDL), lipoproteínas de densidade intermediária (IDL) e lipoproteínas de alta densidade (HDL) (6).

FUNÇÃO
A função principal das lipoproteínas plasmáticas parece ser a de transporte dos triglicerídeos e do colesterol dos locais de origem – no intestino (origem exógena) e no fígado (origem endógena) – para os locais de armazenamento e utilização (6).

Os triglicerídeos e o colesterol entram no plasma na forma de partículas de lipoproteínas ricas em triglicerídeos (quilomícrons e VLDL) e sofrem mudanças intravasculares através da enzima lipase lipoprotéica, que hidrolisa os triglicerídeos e   os   diglicerídeos   em   ácidos   graxos   e monoglicerídeos.

PARTÍCULAS DE SUPERFÍCIE
As partículas de superfície, chamadas de colesterol livre e fosfolipídeos, e as polipoproteínas são transferidas da VLDL à HDL através da interação com a lecitinacolesterol aciltransferase (LCAT) para formar ésteres de colesteril e lisolecitina. Os ésteres do colesteril são subseqüentemente transferidos à IDL, que é convertida em LDL rica em ésteres de colesteril.
VLDL
O VLDL transporta triglicerídeos e um pouco de colesterol.

LDL
A LDL é, assim, um produto final do metabolismo da VLDL intravascular (6,17). O colesterol representa o principal componente da LDL, enquanto representa um componente menor das VLDL e HDL (12).
HDL
O HDL deve ser visto como tendo um papel vital no transporte do excesso de colesterol dos tecidos extra-hepáticos de volta para o fígado, por onde é excretado na bile (transporte reverso do colesterol).

A remoção do excesso de colesterol celular das paredes arteriais pode ter um papel crucial em diminuir o acúmulo de colesterol nas paredes arteriais, inibindo a aterogênese (17).


Então quais são os valores de HDL e LDL normais e quais são perigosos?(20)

LDL 
Menor que 100 mg/dL - Ótimo
Entre 101 e 130 mg/dL - Normal
Entre 131 e 160 mg/dL - Normal/alto
Entre 161 e 190 mg/dL - Alto
Maior que 190 mg/dL - Muito alto

HDL
Menor que 40 mg/dL - Baixo (ruim)
Entre 41 e 60 mg/dL - Normal
Maior que 60 mg/dL - Alto (ótimo)

FATORES INTRÍNSECOS DO INDIVÌDUO
Variações muito grandes na dosagem do colesterol e triglicérides limitam sua utilização clínica (13). Estas variações podem ser analíticas, quando relacionadas à metodologia e a procedimentos utilizados pelos laboratórios, e pré-analíticas quando relacionadas a fatores intrínsecos do indivíduo, estilo de vida (obesidade, idade, consumo de álcool, estresse, sedentarismo, tabagismo, entre outros), uso de medicação (drogas hipolipemientes), doenças associadas (diabetes, hipotireoidismo, entre outras), procedimento de coleta e preparo da amostra (13).

BIBLIOGRAFIA
6. Henry, J.B. Diagnósticos clínicos e tratamento por métodos laboratoriais. 18 ed. São Paulo: Manole, 1998.
12. Ravel, R. Laboratório clínico: aplicações clínicas dos dados laboratoriais. 6 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1997.
13. Recomendações para o exame do perfil lipídico para clínicos e laboratórios. Atheros., 10(4): 109-20, 1999.
17. Wyngaarden, J.B. & Smith, L.H. Cecil Tratado de Medicina Interna. 18 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1990.
Autor(es): Marli Schiavo, Adroaldo Lunardelli e Jarbas Rodrigues de Oliveira        



2 comentários:

  1. NOVO OLHAR SOBRE A MATEMÁTICA,
    http://www.ufpa.br/beiradorio/novo/index.php/leia-tambem/124-edicao-93--abril/1189-novo-olhar-sobre-a-matematica

    ResponderExcluir
  2. Se puder, dê uma passada lá no meu site. Se gostar, e puder me adicionar. Felicidades, hoje e sempre. Hiper abraço,
    João.
    www.ludugero.blogspot.com

    ResponderExcluir